Fórum para os proprietários e simpatizantes da Yamaha XT - Z - K - E - R - X - W ; TT- R - E ; TDM; e outras Motos ...
 
InícioPortal*FAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Inspeção a partir dia 1 de outubro.

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
AutorMensagem
Duncan

avatar

Moto : XT 350 e FZ6s

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Sex Maio 13, 2016 1:41 pm

Acontece que já foi publicado em Diário da Républica... não estou a ver alterações no imediato!!

Podemos ter nas motas até 5 deficiencias tipo 1, resta saber quais são essas deficiencias...


E proprietários com motas matriculadas antes de 1960 também não precisam de se preocupar que não vão à inspeçao!!! LOL

_________________
XT 350 1988 e FZ6s 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo
Magneto

avatar

Moto : Chaço...SZ-30/hp

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Sex Maio 13, 2016 2:08 pm

As cinco deficiências tipo 1 devem ser:  
1 Falta de piscas  
2 Falta de espelhos ou espelho  
3 Falta de escape de origem  
4 Falta do rabo de bacalhau com o reflector  
5 Falta de pneus dentro das medidas inscritas no doc. Único  


Espero que seja assim!    


Voltar ao Topo Ir em baixo
M4rco

avatar

Moto : Yamaha XT660X (2004)

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Sex Maio 13, 2016 10:05 pm



A FMP sempre esteve atenta ao desenrolar do assunto das inspecções das motos, fazendo atempadamente chegar aos organismos que tutelam a matéria pareceres que julga imprescindíveis para que, a acontecerem, as inspecções representem de facto uma mais valia para a prática do motociclismo.

A Direcção da FMP está consciente do que representa a implementação desta medida para este sector de transporte individual tão sensível e tão dado a tomadas de posições radicalizadas; por isso, tem mantido toda a serenidade no tratamento do tema e estranha as notícias vindas a público emanadas por um organismo directamente interessado do ponto de vista económico na matéria quando, a ser verdade que iremos ter inspecções para motos já em Outubro, deveria ser alguém representante do governo a tornar pública a notícia. Temos assim, por enquanto e sem outros dados que iremos procurar, grandes dúvidas que hajam inspecções a motos a partir de Outubro próximo.


A FMP está a procurar respostas sobre a veracidade desta notícia junto das instituições oficiais responsáveis sobre esta matéria, até porque recentemente este assunto ficou pendente em Bruxelas até 2022; ou seja, até esse ano não haverá norma europeia em que os países membros se possam basear para implementar de uma forma cuidadamente harmonizada as inspecções às motos.

Declaramos o nosso apoio institucional ao alargamento das inspecções às motos, porque acreditamos que se forem devidamente regulamentadas e na prática bem concretizadas (isto sim é que importante acontecer), representarão uma mais valia para a prática do motociclismo. Mais, acreditamos que este sector de negócio (Centros de Inspecção) deveria no futuro ser de algum modo responsabilizado pelo trabalho executado.

Depois, se queremos ser considerados e respeitados como motociclistas e utentes da estrada também temos de cumprir com aquilo a que outros são obrigados, nomeadamente os automobilistas; e aqui partilhamos certamente com o sector e utentes das 4 rodas as preocupações relacionadas com as inspecções periódicas.

Assim, estamos atentos ao desenrolar dos acontecimentos e prontos a intervir junto de quem de direito se assim se justificar.

Aguardamos noticias oficiais sobre esta matéria, as quais serão tornadas públicas nos nossos meios de comunicação e através de comunicado para a imprensa em geral.

Inspecções periódicas a motos

_________________
Marco A.
Yamaha XT660X (2004)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Edgar

avatar

Moto : XT 600 Edventure

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Dom Maio 15, 2016 2:08 am

Querem luta ??
então vamos para a luta...

as perguntas e questões faz-se no final da luta



O G.A.M. está de volta
https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1569155873377243&id=1569142840045213&pnref=story




paço a citar:

GAM-GRUPO ACÇÃO MOTOCICLISTA
MANIFESTO - INSPECÇÕES ÀS MOTOS

É muito estranho que seja hoje, dia 11 de Maio de 2016, o presidente da ANCIA-Associação Nacional de Centros de Inspecção Automóvel a vir para os órgãos de informação anunciar o começo das inspecções para as motos em Outubro, quando deveria ser um membro do governo a fazê-lo.

Isto merece o crédito e entendimento que se deve dar a alguém que está mandatado para defender os interesses que representa… Apenas isso e nada mais.
Até porque, que se saiba, ainda nem sequer foi publicada a portaria que virá regulamentar a lei das inspecções e sem essa publicação não há inspecções.

Mas muito se tem escrito e dito ao longo dos últimos anos sobre as inspecções obrigatórias para as motos; os defensores das inspecções usam como argumento a falsa questão (como iremos ver a seguir) da segurança rodoviária.

A União Europeia já assumiu entretanto que a haver norma de inspecções obrigatórias para motos nos estados membros (não é um dado adquirido que venha a haver) será apenas a partir de 2022. Há países da UE que já têm inspecções para motos há muito tempo e outros onde estas não existem. A nossa Região Autónoma dos Açores, fazendo uso da sua autonomia, já as implementou desde alguns anos.

Sabe-se, por estudos feitos a nível da União Europeia, que a percentagem de acidentes de motos causados por falhas mecânicas é apenas de 0,3% e este número diz tudo…
diz essencialmente que está a “atirar-nos areia para os olhos” quem defende que deve haver inspecções para aumentar os níveis de segurança destes veículos. Uma treta, é o que é este argumento.

Todos temos consciência de que o que está por detrás desta questão tem apenas a ver com o negócio dos Centros de Inspecção; por isso, a ANCIA, segundo o seu presidente, pressiona agora o governo a alterar a lei, de modo ao número de motos a serem inspeccionadas passarem dos 80 mil veículos previstos (motos a partir de 250cc) para os cerca de 600 mil com a inclusão das cilindradas a partir das 50cc…
O que acontece e é assumido pelo próprio presidente da ANCIA (e ele não faz questão de o esconder, assume-o mesmo) é que os centros de inspecção têm de rentabilizar os investimentos de milhares de euros que fizeram para se equiparem para as inspecções às motos.

E nem vale a pena virem políticos e senhores dos centros de inspecção esgrimir outros argumentos.
Se existissem dúvidas o presidente da ANCIA esclareceu todas...
Quem quiser debater segurança rodoviária (seja em duas, ou nas rodas que forem) terá de falar de educação, formação, concepção de vias, enfim, prevenção… este é o caminho correcto de uma politica correcta de redução de acidentes rodoviários.

Em Portugal os utentes das estradas (motociclistas, automobilistas, camionistas) são tratados como um negócio que se procura rentabilizar… negócio privado, neste caso, com as inspecções e negócio institucional com a “caça á multa”; multas que têm uma cada vez maior importância nos próprios orçamentos de estado.

As patrulhas da GNR e PSP saem para a rua com instruções específicas de fazerem uma boa “colecta”… e assim qualquer agente sente-se pressionado a passar multas, pois é este o único indicio considerado superiormente para avaliar o seu desempenho e profissionalismo.

Resumindo: as estatísticas indicam que é falso o argumento da “segurança” para justificar as inspecções ás motos e agora o lobby das inspecções (ANCIA), não satisfeito com o que já tinha conseguido, decidiu levar a coisa mais longe e ir mexer também com a vida daqueles que têm um simples e económico veículo de duas rodas de 50cc ou 125cc para o seu dia a dia.

É imperioso os motociclistas marcarem vincadamente a sua opinião sobre este assunto das inspecções; temos de trazer este assunto para o debate público e sendo primordial ter a opinião pública do nosso lado, temos de o fazer não apenas “tendo o nosso próprio umbigo como horizonte...”;
porque o que está verdadeiramente aqui em causa não é só as inspecções para as motos, é como e com que fim são feitas as inspecções na sua generalidade, em suma, como funcionam os centros de inspecção.

Como já aconteceu no passado por diversas vezes (muitos certamente ainda se lembrarão quando os motociclistas tiveram de se juntar para defender as motos e a prática do motociclismo), muito provavelmente volta a ser necessário voltarmos á estrada na defesa dos nossos interesses.



Assim, o GAM-Grupo de Acção Motociclista pondera voltar brevemente á acção de rua.
O GAM foi criado em 2005 exactamente para defender os interesses e direitos dos motociclistas e a prática do motociclismo; foi este organismo que organizou as grandes manifestações nacionais contra os rails, as portagens, pela lei das 125cc, etc.
Desde a questão da lei das 125cc não voltámos a ter um assunto que levasse á necessidade de mobilização dos motociclistas. Temos neste momento razões para isso, para nos manifestarmos acerca das “Inspecções Periódicas Obrigatórias” na sua generalidade e em especial as que estão na “forja” para as motos.

Deste modo:
Se o governo e a ANCIA querem inspecções vamos então primeiro tratar do modo de operar dos Centros de Inspecção; trazer para o debate público as inspecções. Se um veículo tem uma falha de travões e provoca um acidente imediatamente depois de uma inspecção quem a fez não é responsabilizado porquê?
A criação desta mera formalidade burocrática, de testes meramente formais, vai acarretar para os motociclistas apenas mais um pagamento periódico e tempo perdido em Centros de Inspecção.
Por isto e porque até agora nada nem ninguém nos deu esperança de que teríamos inspecções às motos que trouxessem mais valias para a prática do motociclismo, somos contra as inspecções. Somos contra as inspecções nestes moldes.

Vamos falar de inspecções e fazer por moralizar o negócio das inspecções e depois vamos ver até que ponto se justifica ou não haver inspecções, seja para as bicicletas, motorizadas, motos, triciclos, tractores…

Vamos avançar brevemente para acções de rua onde iremos manifestar este nosso desacordo em relação ás inspecções tal como elas existem, como estão ser fundamentadas e como se preparam para ser implementadas para os veículos de duas rodas.
Apelamos aos interessados e sobretudo aos motociclistas que estejam atentos e participem na defesa dos seus interesses.


GAM-Grupo Acção Motociclista
Tomanel

_________________

Blog : Vadio da XT . blogspot. com
XT 600 Edventure
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://vadiodaxt.blogspot.com/
Duncan

avatar

Moto : XT 350 e FZ6s

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Dom Maio 15, 2016 9:49 pm

No livrete da minha XT nos decibéis e nos gases está XXXXX deve querer dizer que posso fazer barulho á vontade!!!

E só vou precisar de ir á inspeção em Julho de 2017 até lá vamos ver como tudo isto fica... sem stress!

_________________
XT 350 1988 e FZ6s 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo
Edgar

avatar

Moto : XT 600 Edventure

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Seg Maio 16, 2016 10:23 am

Não vai haver IPO nenhum
eles apenas querem apalpar o terreno

se formos moles, a coisa pode ir para a frente
se formos duros, eles ficam a olhar para as obras que fizeram

_________________

Blog : Vadio da XT . blogspot. com
XT 600 Edventure
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://vadiodaxt.blogspot.com/
Duncan

avatar

Moto : XT 350 e FZ6s

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Seg Maio 16, 2016 11:56 am

Edgar escreveu:
Não vai haver IPO nenhum
eles apenas querem apalpar o terreno

se formos moles, a coisa pode ir para a frente
se formos duros, eles ficam a olhar para as obras que fizeram

É começar já a manifestar...

_________________
XT 350 1988 e FZ6s 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo
dmsaraiva

avatar

Moto : XTZ 660

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Seg Maio 16, 2016 5:58 pm

"MANIFESTAÇÕES DE MOTOCICLISTAS DIA 19 JUNHO 2016
Em protesto contra a infundada inspecção periódica às motos, o GAM-Grupo de Acção Motociclista vai organizar no próximo dia 19 de Junho ás 17 horas manifestações simultâneas de motociclistas nas cidades do Porto, Lisboa e Faro.
Estas manifestações terão como objectivo chamar a atenção dos media, da população em geral e do próprio governo para a falsa questão de segurança com que se pretende justificar as inspecções às motos. Pretende trazer para debate público as inspecções periódicas na sua generalidade, sejam elas a que veículos forem.
As principais razões que nos levam a manifestar são:
1- Apenas 0,3% dos acidentes com motos são provocados por falha mecânica dos veículos, o que não justifica a relação custo/benefício das inspecções. É falso dizer que as inspecções vão contribuir para a segurança dos motociclistas.
2- As inspecções, tal como as querem implementar, vão retirar da estrada todas as motos personalizadas ou minimamente alteradas, mesmo que essas alterações tenham beneficiado as motos em termos de segurança, o que por regra acontece.
3- As inspecções, tal como as fundamentam e querem implementar, serão apenas um vantajoso negócio para alguns e um gasto de dinheiro e tempo para os motociclistas não representando para estes nenhuma mais valia.
4- A União Europeia, precisamente por falta de fundamentação e consenso a nível do Conselho da Europa, adiou até 2022 qualquer decisão sobre uma Norma Europeia para inspecções às motos.
Não faz por isso sentido Portugal estar a legislar e a regulamentar sobre esta matéria.
5- Se o governo e a ANCIA querem inspecções, então, vamos reequacionar e repensar na generalidade toda esta questão das inspecções, sejam elas a que veículos forem. É necessário mudar muita coisa, como a total irresponsabilidade de quem inspecciona (centros de inspecção). Se uma viatura tem um acidente por falha de travões (por exemplo) depois de ter sido aprovado numa inspecção, quem fez essa inspecção deve ser de algum modo responsabilizado, o que hoje não acontece nem está previsto que venha a acontecer.
Estas são, fundamentalmente, as grandes razões porque no dia 19 de Junho os MOTOCICLISTAS vão sair para a rua e defender os seus interesses. Como e onde exactamente irão decorrer essas manifestações informaremos mais tarde.
As MOTOS as CINQUENTINHAS e as SCOOTERS precisam neste momento de quem as defenda, precisam no próximo dia 19 de Junho da mobilização de todos os MOTOCICLISTAS."

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1570528876573276&id=1569142840045213




Voltar ao Topo Ir em baixo
partner

avatar

Moto : Aquela máquina XT 600 1999

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Seg Maio 16, 2016 11:10 pm

Boas. acho que inventaram ou estão a tentar inventar as inspecções para roubar mais uns euros ao pessoal pois a polícia já não consegue sustentar os ladrões com as multas porque o pessoal anda certinho na maioria.deviam era tapar os buracos nas estradas ou arranjar maneira de quem provasse que os acidentes por motivo do pavimento degradado assumir a inteira responsabilidade e muitas mais coisas poderia dizer .mais uma vez os ladrões deste país vão tentar encher os bolsos a custa do Zé povinho que vai comer e calar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
MauricioQuaresma

avatar

Moto : XT 350z -Mini Ténéré

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Ter Maio 17, 2016 8:24 am

dmsaraiva escreveu:
"MANIFESTAÇÕES DE MOTOCICLISTAS DIA 19 JUNHO 2016
Em protesto contra a infundada inspecção periódica às motos, o GAM-Grupo de Acção Motociclista vai organizar no próximo dia 19 de Junho ás 17 horas manifestações simultâneas de motociclistas nas cidades do Porto, Lisboa e Faro.
Estas manifestações terão como objectivo chamar a atenção dos media, da população em geral e do próprio governo para a falsa questão de segurança com que se pretende justificar as inspecções às motos. Pretende trazer para debate público as inspecções periódicas na sua generalidade, sejam elas a que veículos forem.
As principais razões que nos levam a manifestar são:
1- Apenas 0,3% dos acidentes com motos são provocados por falha mecânica dos veículos, o que não justifica a relação custo/benefício das inspecções. É falso dizer que as inspecções vão contribuir para a segurança dos motociclistas.
2- As inspecções, tal como as querem implementar, vão retirar da estrada todas as motos personalizadas ou minimamente alteradas, mesmo que essas alterações tenham beneficiado as motos em termos de segurança, o que por regra acontece.
3- As inspecções, tal como as fundamentam e querem implementar, serão apenas um vantajoso negócio para alguns e um gasto de dinheiro e tempo para os motociclistas não representando para estes nenhuma mais valia.
4- A União Europeia, precisamente por falta de fundamentação e consenso a nível do Conselho da Europa, adiou até 2022 qualquer decisão sobre uma Norma Europeia para inspecções às motos.
Não faz por isso sentido Portugal estar a legislar e a regulamentar sobre esta matéria.
5- Se o governo e a ANCIA querem inspecções, então, vamos reequacionar e repensar na generalidade toda esta questão das inspecções, sejam elas a que veículos forem. É necessário mudar muita coisa, como a total irresponsabilidade de quem inspecciona (centros de inspecção). Se uma viatura tem um acidente por falha de travões (por exemplo) depois de ter sido aprovado numa inspecção, quem fez essa inspecção deve ser de algum modo responsabilizado, o que hoje não acontece nem está previsto que venha a acontecer.
Estas são, fundamentalmente, as grandes razões porque no dia 19 de Junho os MOTOCICLISTAS vão sair para a rua e defender os seus interesses. Como e onde exactamente irão decorrer essas manifestações informaremos mais tarde.
As MOTOS as CINQUENTINHAS e as SCOOTERS precisam neste momento de quem as defenda, precisam no próximo dia 19 de Junho da mobilização de todos os MOTOCICLISTAS."

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=1570528876573276&id=1569142840045213


     



Talvez influenciado pela area onde trabalho, o rigor dos dados apresentados deixa muito a desejar e pode ser desacreditado em praca publica !

"Apenas 0,3% dos acidentes com motos são provocados por falha mecânica dos veículos"

De onde vem estes dados ?
Parece-me que alguem usou o HURTS report, projecto iniciado em 1976 nos EUA, (http://isddc.dot.gov/OLPFiles/NHTSA/013695.pdf), uma publicacao de 1981, e alterou o valor anunciado. Em 1981, 3% dos acidentes era derivados de falha mecanica.


O ultimo estudo horizontal sobre seguranca rodoviaria europeia a motociclistas foi realizado em 2009 .

Os resultados podem ser observados aqui :
http://www.maids-study.eu/
http://www.maids-study.eu/pdf/MAIDS2.pdf

De forma muito abreviada :

921 casos, sobre um periodo de 3 anos , em 5 paises diferentes (França , Alemanha , Italia, Espanha, Holanda)
923 casos control
2000 questionarios


Conduzir sem carta tem uma maior probabilidade de ter um acidente.
Menos de 5% acidentes foram causados por alcool.
Nao há significancia estatica que demonstre que algum tipo de moto seja mais propocia a acidentes ( motos do tipo desportivo estavam sobre-expressadas).
A idade do condutor apresenta significancia estatistica para ser considerado um factor de acidente.

37 % causa de acidente por culpa do motociclista, 50% derivado a outro veiculo.
Em 70% dos casos acima representados, o outro veiculo nao se apercebeu da presenca da moto
8 % dos acidentes causados por desrespeito a regras de trafico, 18% por desrepeito do outro condutor.
Factores metereologicos : 7.5 %
Factores mecanicos : 3,6 % !!

Mauricio


Voltar ao Topo Ir em baixo
Duncan

avatar

Moto : XT 350 e FZ6s

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Ter Maio 17, 2016 11:34 am

Era boa altura para reivindicar uma baixa no IUC das motas e no pagamento para 50% menos do valor pago pelos automóveis nas auto estradas

A inspeçao para todas as motas desde que não sejam levadas ao extremo até aceito...

_________________
XT 350 1988 e FZ6s 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo
Gil

avatar

Moto : XTZ 660 Ténéré

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Ter Maio 17, 2016 5:45 pm

MauricioQuaresma escreveu:
(...)

37 % causa de acidente por culpa do motociclista, 50% derivado a outro veiculo.
Em 70% dos casos acima representados, o outro veiculo nao se apercebeu da presenca da moto

(...)

É por isto que tirei o escape de origem
Para os outros ouvirem-me

_________________
XT600E  (2001-2014)

XTZ660Ténéré  (2014)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Edgar

avatar

Moto : XT 600 Edventure

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Qua Maio 18, 2016 12:20 am

MauricioQuaresma escreveu:
... ...
Factores mecanicos : 3,6 % !!


Os 0,03% foram números apresentados numa conferencia de imprensa pelo chefe do IPO aos jornalistas portugueses quando tentaram implementar inspecções em 2012

ou seja, trouxeram para essa conferencia de imprensa um inglês lá do IPO dos bifes,
e ele apresentou esse numero
ou seja novamente em 1000 acidentes as inspecções possivelmente evitariam 1 acidente
ou talvez em 2000 acidentes se evitaria 1 acidente com o IPO

ou pode-se dizer, que as inspecções nunca conseguem realmente evitar durante um ano possíveis falhas mecânicas


MAS esse número dos 3,6 pode ser, porque a BM teve um aumento de vendas
http://www.horizonsunlimited.com/hubb/which-bike/what-we-need-aware-when-80343





_________________

Blog : Vadio da XT . blogspot. com
XT 600 Edventure
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://vadiodaxt.blogspot.com/
Gil

avatar

Moto : XTZ 660 Ténéré

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Qua Maio 18, 2016 10:55 am

Edgar escreveu:




Esta é do TUNING
também não passa na inspecção

_________________
XT600E  (2001-2014)

XTZ660Ténéré  (2014)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Duncan

avatar

Moto : XT 350 e FZ6s

MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   Qua Maio 18, 2016 11:56 am

Edgar escreveu:

MAS esse número dos 3,6 pode ser, porque a BM teve um aumento de vendas
http://www.horizonsunlimited.com/hubb/which-bike/what-we-need-aware-when-80343






_________________
XT 350 1988 e FZ6s 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Inspeção a partir dia 1 de outubro.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Inspeção a partir dia 1 de outubro.
Voltar ao Topo 
Página 6 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Clube XT Portugal :: > Geral :: XT em Geral-
Ir para: