Fórum para os proprietários e simpatizantes da Yamaha XT - Z - K - E - R - X - W ; TT- R - E ; TDM; e outras Motos ...
 
InícioPortal*FAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 AJP PR7 660

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5
AutorMensagem
Nélio

avatar

Moto : XT1200Z & CRF250L

MensagemAssunto: Re: AJP PR7 660    Ter Out 14, 2014 7:24 pm

webmonstro escreveu:
Johnny_1056 escreveu:
Boas;
Webmosntro, continuo a achar um motor 450 demasiado limitado para uso "civil" sem preocupações. Continuo a achar que são motores de desgaste rápido e com graves problemas de envelhecimento.
.

Os motores têm as mesmas peças, são todos iguais, a única diferença é o tipo de utilização que se dá a eles e consequentemente a maneira como são construídas

Toma por exemplo a DRZ 400 A versão "S" mais civilizada tem 40 cv a versão E e K têm bastante mais e mesmo assim tem sido usados na versão "civil" sem problemas de maior !

Até na versão "SM" são motores resistentes e potentes !

Isto não são valores tão diferentes das "hard enduro"

Mas lá está, o motor foi introduzido em 2000 há 14 anos !!! e actualmente penso que já não se vende excepto para a moto4 .

só tinham de o modernizar com injecção , 6 velocidades e montá-lo numa mota do tipo da CCM, ou seja uma mota de TT com suspensões razoáveis e uma pequena carenagem e um depósito "decente" e pronto tinham a mota perfeita, isto para uso "trail" verdadeiramente "misto"

é isso que a AJP faz , motas de "enduro de lazer"

Se calhar sou o único no mundo que quer uma mota assim, por vezes penso que toda a gente que anda de mota é apenas para mostrar, e como tal apenas se intressam por "numeros" , ter a mota mais potente, mais cc's que o vizinho da Marca "X", com 300 kg de cromados etc , etc

É por isso que vejo tantas motas com muitos anos e pouquissimos km, ainda há meses um amigo meu comprou uma Hornet 600 de 2006 com 3000 e tal km !! Eu vi aquela mota passar dezenas de vezes nos ultimos anos, o meu amigo em 3 ou 4 meses já vai com 6000 e tal !! O anterior dono usava a apenas para o "circuito" casa-café !

Eu tenho a teoria que as trail como são motas mais práticas e normalmente com uso mais utilitário, como o mercado mudou para a valorização da imagem e marca , esta motas perderam esse terreno para as scotters e outras motas urbanas, enquanto a mota se tornou apenas um "status simbol" e nada mais, só assim se explica a "febre" de "Scramblers" e "cafe-racers" que nada são mais do que piorar as caracerísticas de uma mota apenas para exibir um estilo.

É pena pois pouca gente sabe o prazer que uma mota trail pode dar em off-road por um investimento tão reduzido .


Estou plenamente de acordo com a descrição, muitas das as trail estão a perder o sentido para aquilo que verdadeiramente existem, muitos proprietários deste tio de motos, conduzem apenas em estradas e nunca experimentaram off-road. Também que estão a perder algumas características, comprometendo o seu desempenho nesses terreno, motivado por outros conceitos modernos, que pouco têm a ver com o  off-road.

Tenho andado a pesquisar sobre o marca Portuguesa AJP, esses empresários estão de parabéns pelas belas e fiáveis motos que têm construído. É pena mão tentarem implementar uma maior produção, pelo que tenho visto há modelos que estão esgotados. São verdadeiras trial e pessoalmente estou encantado com a PR4 240 e PR5250. Neste segmento a potencia não é a finalidade.

_________________

- Canal YouTube
- Facebook
Yamaha XT1200Z & TT600R
Voltar ao Topo Ir em baixo
https://sites.google.com/site/academiadecombatedamadeira/
AMB



Moto : XT 600e

MensagemAssunto: Re: AJP PR7 660    Ter Out 14, 2014 10:31 pm

Eu sou sincero, eu fiquei a conhecer a marca AJP pela revista de motociclismo deste mês de Outrubro lol
Eu marcas portuguesas só tinha ouvido falar da FAMEL

Pelo que pesquisei na net, AJP constroi verdadeiras máquinas com materiais bem leves, bem posicionado para melhor controlo das motos e são bastantes fiaveis.
No caso deste prototipo a informação que li na revista foi a seguinte:
Em relação a caixa vai manter uma caixa de 5 velocidades segundo o artigo da revista, o que é uma pena.
Mas que está bem construída, está xD, pois eles puseram o deposito por baixo do condutor para baixar o centro de gravidade da mota e tornar-la muito melhor de controlar, já o que habitualmente fica nesse sitio, que é o filtro de ar, passou para o sitio habitual do depósito nas motas. O depósito é que vai ter a capacidade de apenas 19l, a mim não me faz diferença, pois na minha xt que o deposito tem a mesma capacidade faço medias de 250km com um deposito, esta mota sendo mais leve que a minha, ainda deve fazer melhores médias, e com um motor muito mais moderno
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
AJP PR7 660
Voltar ao Topo 
Página 5 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Clube XT Portugal :: > Geral :: XT em Geral-
Ir para: